Gato com diarreia

É assim que ele passa o dia.

É assim que ele passa o dia.

Veterinário: 01/07/2015 - 11:08:09

De ontem para hoje, meu gato ficou apenas deitado, não está comendo e está com diarreia. Ele não mia, não está brincando mais, parece que está com dor na barriga. O que pode ser?

R: A falta de apetite em gatos, associada ou não a outros sintomas, sempre deve ser considerada uma urgência médica. Uma vez que praticamente todos os problemas clínicos dos felinos podem causar esse sintoma, o ideal é que seu amigo seja levado imediatamente a um serviço médico veterinário de confiança sempre que ele parar de comer ou houver diminuição do apetite. No seu caso em particular, além da inapetência (falta de apetite), você descreveu outros sintomas, como dor no abdômen, diarreia e desconforto que podem sinalizar um quadro chamado de abdômen agudo. Trata-se de uma emergência que pode levar à morte se não for tratada o mais rapidamente possível. Essa condição é caracterizada pelo aparecimento repentino de dor abdominal, associada com um, ou mais, dos seguintes sintomas: vômitos (ou mesmo movimentos de vômitos improdutivos), diarreia, inquietação, incapacidade de encontrar uma posição confortável, vocalização anormal (miado excessivo ou diferente, grunhidos, gemidos) e dificuldades na respiração, que pode ficar acelerada. Normalmente, o gato apresenta muita dor ao ser tocado no abdômen. Em alguns casos eles podem permanecer em uma posição característica, apoiando o peito no chão, com o bumbum para cima, numa tentativa de ficarem mais confortáveis. Em situações mais  graves, ou quando não há atendimento, o quadro clínico pode evoluir negativamente, com o paciente entrando em estado de choque e podendo ir a óbito. Diversas condições podem resultar em um quadro de abdômen agudo, como obstrução de trato urinário, ruptura de bexiga, trauma abdominal (como acidentes, atropelamentos ou chutes, por exemplo), perfuração do estômago e/ou dos intestinos, envenenamentos, peritonite (infecção da cavidade abdominal), obstrução intestinal, ingestão de corpo estranho (panos, plásticos, cordões, fio dental, fitas, linhas ou qualquer outro objeto) e pancreatite aguda. O médico veterinário prestará atendimento de emergência, buscando estabilizar o quadro clínico, oferecendo conforto ao gatinho. Além de, claro, realizar os exames necessários para descobrir qual a causa específica do problema e, assim,  estabelecer o tratamento adequado. Por Dra. Mariana Sampaio

Pergunta enviada por: Gregory Marques - Novo Hamburgo / RS

Perguntas relacionadas

15/05/2018 - 22:36:15
14/01/2018 - 22:26:33

Resgatei uma gatinha com uma inflamação no ânus e com diarréia tem cheiro forte por: Larissa

R: Leve-a ao veterinário com urgência Larissa. Um abraço,

11/09/2017 - 13:08:46
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.