Pets também precisam de escovação frequente dos dentes

Categoria: Felinos

Autor(a): Divulgação | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas - SP | 09/09/2014 - 18:09

Aproximadamente 85% dos cães e gatos apresentam alguma doença periodontal
Foto meramente ilustrativa: Divulgação

Foto meramente ilustrativa: Divulgação

Já incorporamos à nossa rotina o hábito de escovar os dentes de manhã quando acordamos, durante o dia após as refeições e antes de dormir. Somos submetidos a esse hábito desde crianças, mesmo contrariados. Porém, tudo isso faz sentido quando começamos a entender os problemas que a falta de limpeza bucal pode causar. Com os pets não é diferente, eles também precisam ter seus dentes escovados, mesmo que com menor frequência.

A veterinária Isabella Vincoletto afirma que os animais devem passar pela escovação de duas a três vezes por semana, variando de acordo com a disponibilidade dos tutores ou com o costume por parte dos pets. Os problemas de saúde oral têm sido cada vez mais frequentes no atendimento clínico e números indicam que aproximadamente 85% dos cães e gatos apresentam alguma doença periodontal. “Muitos desconhecem que problemas bucais podem prejudicar a saúde do animal como um todo, já que as bactérias podem chegar à corrente sanguínea, afetando outros órgãos”, diz.

Entre as doenças bucais mais comuns está a gengivite, que consiste na inflamação das gengivas, tendo como sintomas a vermelhidão no local, aumento do seu volume e sangramento quando tocado ou escovado. Outra enfermidade comum é a periodontite, inflamação mais profunda da gengiva, com perda do suporte dos dentes, acarretando até a perda dental. O ideal é tentar acostumar os pets desde filhotes, sempre associando esse momento com algo prazeroso, como brincadeiras, carinhos ou ao que se assemelhe a um prêmio. Para introduzir o hábito, deve-se passar o dedo indicador pela gengiva do animal.

Para os filhotes, o processo é de fácil adaptação e o tutor pode utilizar gaze, dedeira ou escova dental própria para pets, mantendo a rotina durante toda a fase adulta. Já para os animais adultos, que nunca foram condicionados à escovação, é necessário ter paciência, pois a manipulação da boca é algo novo para cães e gatos.

 

Escovando os dentes dos adultos 

  • Durante a primeira semana, comece com sessões breves de dois minutos tentando passar apenas o dedo na gengiva do animal. Lembre-se sempre da recompensa ao retorno positivo do estímulo. 
  • Na segunda semana, você pode enrolar uma gaze no dedo e estender as sessões para o pet acostumar com uma textura diferente na boca, Repita o processo duas vezes por semana. Caso o pet tenha se acostumado com a gaze, pode substituir por uma dedeira ou escova.
  • Escove sempre de maneira gentil, fazendo movimentos circulares, lentos e sem fazer força contra a gengiva do pet. 
  • Prefira locais calmos, sem distrações e em horários tranquilos para você e seu bichano. 
  • As escovações também podem ser feitas em estabelecimentos especializados, caso você não tenha aptidão ou tempo para realizar a tarefa.
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.