As visitas não gostam de gatos, e agora?

Categoria: Estilo de Vida

Autor(a): Júlio Mangussi | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas - SP | 30/08/2017 - 12:12

Adequar a rotina e o ambiente para elas ou, simplesmente, promover o encontro em outro local? Amantes de gatos dizem o que fariam
Crédito: Ed-Ni-Photo @ istock

Crédito: Ed-Ni-Photo @ istock

Não é raro um apaixonado por gatos receber visitas que não nutrem a mesma paixão por felinos. O encontro, muitas vezes, precisa ser promovido de forma planejada. Qual a melhor atitude a se tomar em situações do tipo, afinal? Seria melhor readequar a rotina do bichano, ainda que durante algumas horas, privando-o do acesso a determinados cômodos, como a cozinha e a sala? Ou essa não é a melhor opção, já que quem mora na casa é o gato e, portanto, as visitas devem se adaptar ao ambiente felino. Se o encontro não for possível dessa forma, no caso de elas serem alérgicas, por exemplo, que ele aconteça em outro local, não? Diante desse dilema, enfim, qual atitude você tomaria? Amantes de gatos compartilharam suas opiniões via Facebook da Pulo do Gato, veja qual mais se assemelha à sua!  

ADEQUARIA A ROTINA ÀS VISITAS

“Certo dia, uma amiga que tinha medo de gatos veio até à minha casa, sentou-se no sofá e pimba! Minha gata, que não sobe no meu colo nem por um sachê, ficou lhe encarando e, de repente, deu um salto no seu colo. Minha amiga paralisou, precisei espantar a gata do colo dela. E meu pai que cria passarinhos, por isso detesta gatos, foi uma vez no quintal da casa de minha irmã, que tinha 13 gatos, e todos o rodearam, encantados. Vai entender.” - Raquel Stein M 

“Os meus gatos se afastam, não se escondem, mas não ficam pedindo carinho para estranhos. Eles vão para meu quarto e retornam somente quando as visitas partem.

Se elas vão ficar um tempo maior, dou uma ‘mini aula’ sobre quem são os gatos, e como os meus não são, como aqueles que gostam de pular na mesa, pedir comida ou carinho.  Eles acabam respeitando meio à força do diálogo.”- Silvia Campos 

AS VISITAS QUE ACEITEM OS GATOS

“Eu tenho dois gatos que adoram receber, inclusive são os primeiros a recepcionar minhas visitas, já esperando na porta por elas. Todos os meus amigos sabem que os meus gatos são sociáveis, então quem quiser vir, já sabe que eles vão interagir, afinal eles moram aqui!”-  Kel Reiser 

“Se não gosta, não venha em minha casa, afinal, eles moram comigo e também são donos da casa, e a visita não. Não mudo a rotina dos cats!”-  Danielle Silva Lima

 “Não gosta, não venha! Se vier, não reclame! Simples assim.”- Leonardo Souza Lima

“Eu prefiro que a visita não venha em minha casa. Minhas gatas em primeiro lugar.”- Maria Maria 

 “Se não gosta, que não venha à minha casa. Os meus gatos têm a minha preferência. A Minie, minha gata, não gosta de barulho, e certa vez veio uma visita muito escandalosa, dando aquela risada ridícula, que já estava me irritando. A minha gata olhou pra ela parada, mostrando que não estava gostando, e a pessoa nem ligou. A gata voou em cima dela, que na mesma hora parou com as risadas. Se a Minie gosta de silêncio, quem vier tem que respeitar meus gatos.” - Shynne Fernandes 

“Na minha casa só vem quem gosta de gatos, do contrário, não precisa vir, tanto que tenho um aviso na porta: ‘Se você gosta de gatos será bem-vindo.’” Mauricelia Costa Pereira

“Na minha casa, se não gosta de gato, não precisa conversar com eles. Se reclamar, porém, eu faço cara feia, afinal de contas eles também moram lá e, assim como eu, são donos da casa. Aceita meu gato ou cai fora.”- Erica Mejuss 

 

  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.