Quanto de ração devo dar?

Categoria: Felinos

Autor(a): Patrícia Padovez | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas/SP | 04/01/2017 - 10:04

As quantidade certa de alimento de acordo com o peso e o porte do felino é ideal para manter a saúde em dia
Stock photo @ Okssi8

Stock photo @ Okssi8

Você escolhe uma ração para o pet, mas na hora de alimentá-lo sempre paira aquela dúvida: quanto de ração devo dar para o meu pet?
 
Cão X gato
Cães e gatos têm hábitos alimentares diferentes. Ambos são carnívoros e absorvem melhor alimentos ricos em proteínas, mas eles não seguem a mesma rotina de alimentação. Felinos, por exemplo, fazem pequenas refeições várias vezes ao dia, enquanto cães adultos comem uma ou duas vezes por dia, mas em quantidade maior, por isso é importante seguir as orientações específicas para cada espécie.
 
Saiba as quantidades
Para descobrir a quantidade certa de ração que seu bichano deve comer, leve em consideração a idade e o se o animal é castrado ou não. Gatos castrados têm uma tendência maior a desenvolver diabetes, obesidade e problemas relacionados ao trato urinário, por isso é importante receberem um alimento adequado a esse estado.
 
Idade 
Gatos filhotes necessitam de um alimento com uma composição nutricional diferente da de adultos, já que estão em fase de crescimento e desenvolvimento. Verifique na embalagem da ração qual é a porção adequada para o animal e divida essa quantidade em várias porções ao dia. Importante deixar disponível o alimento também durante a noite, pois gatos são animais de hábitos noturnos e muitas vezes se alimentam durante esse período.
 
Ração seca x ração úmida
A ração úmida também é um alimento fundamental na nutrição dos gatinhos. Os felinos, que naturalmente não sentem a necessidade de beber água em grande quantidade, tendem a adquirir problemas urinários e renais ao longo da vida, e a ração úmida pode ajudar a diminuir esse risco. A ração úmida pode ser oferecida na proporção de até 30% do alimento convencional, caso ela não seja uma formulação completa e balanceada. Em caso de alimento úmido completo e balanceado, o animal pode até se alimentar unicamente dessa fonte, se ele preferir.
 
Metabolismo 
A castração, que é comum em muitos gatos, faz com que o animal tenha uma alteração em seu metabolismo, que tende a ficar mais lento. Caso não seja feita a adequação do alimento oferecido, o gato pode ficar obeso. Portanto, o dono deve dar uma atenção especial para a alimentação do pet caso ele já tenha passado pela cirurgia de esterilização. A ração especial para gatos castrados contém nutrientes importantes para a manutenção do peso do pet, além de reduzir os riscos de doenças e a queda de pelos.
 
Mantenha a regularidade
Depois de avaliar qual a quantidade de alimento ideal para o pet, mantenha a regularidade das porções. Não varie de um dia para o outro a quantidade de ração oferecida ao animal, a menos que seja uma situação anormal, como uma enfermidade ou uma recomendação específica do veterinário. E sempre que mudar a marca do alimento, não deixe de verificar as informações de dosagem recomendada pelo fornecedor. Também vale alertar que, apesar da indicação específica do fabricante, a quantidade indicada pode sofrer pequenas alterações de acordo com o metabolismo do animal.
 
Patrícia Padovez, médica veterinária mestre em Nutrição de cães e gatos.
 
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.