Atenção à ração a granel

Categoria: Comportamento

Autor(a): Karina Venturelli | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas - SP | 04/04/2016 - 12:41

Prática de comprar alimentos fora da embalagem original pode ser nociva aos pets
Foto meramente ilustrativa:  Stock photo © tiverylucky

Foto meramente ilustrativa: Stock photo © tiverylucky

Muitos estabelecimentos comercializam ração a granel. Para o consumidor que quer testar se o pet vai aceitar bem ou não um novo produto, a prática pode parecer bastante vantajosa. Porém, esse tipo de consumo pode colocar em risco a saúde do animal. Veja alguns fatores que devem ser analisados.
1. Origem
Ao comprar um produto a granel, não há garantia sobre o que você está comprando. Fora da embalagem original, não é possível certificar-se quanto à integridade e à marca do produto. Há também o risco de o estabelecimento identificar um determinado rótulo e comercializar outro.
2. Validade
Muitos estabelecimentos dispõem as rações a granel em potes ou sacos. Nesse tipo de recipiente, não há informações sobre vencimento do produto. A única garantia de que você está comprando uma mercadoria dentro do prazo de validade é a embalagem original, que deve vir lacrada e com as informações de fabricação.  
3. Higiene
Como o alimento a granel fica disposto em sacos plásticos ou potes, muitas vezes destampados, o produto acaba entrando em contato com o ar e sendo contaminado por fungos presentes no ambiente. Quando a temperatura e a umidade são favoráveis, esses fungos multiplicam-se e deixam toxinas no produto, o que pode provocar vômitos, diarreias e outros desconfortos nos pets. Além dos fungos, as rações fora da embalagem original podem atrair insetos, como moscas e baratas, e até ratos. 
4. Conservação
A embalagem original, aquela que vem direto da fábrica, possui propriedades que conservam o produto, além de protegê-lo de fatores externos. O contato com a luz e com o ar podem comprometer a qualidade do alimento, já que, quando exposto a estes elementos, a ração pode perder nutrientes, alterando sua composição original. A embalagem original, portanto, é fundamental para garantir a qualidade e a integridade do produto.
5. Garantia
Muitos fabricantes de alimentos para animais apresentam políticas de troca do produto. Nesse tipo de situação, é preciso apresentar a embalagem original com ao menos 80% do produto, que deve estar dentro do prazo de validade. É também na embalagem original que constam as informações sobre o lote de fabricação, dado importante para o fabricante averiguar no caso de a ração apresentar algum tipo de anormalidade.

Karina Venturelli, médica veterinária mestre em Nutrição de Cães e Gatos pela Unesp. Atua como gerente técnica da Farmina Pet Foods
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.