Obesidade em gatos

Categoria: Saúde

Autor(a): Carla Alice Berl | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co. | Cidade: Campinas - SP | 03/08/2015 - 15:30

Hábitos simples podem evitar a doença e suas complicações

Warning: getimagesize(): Peer certificate CN=`caes-e-cia.com.br' did not match expected CN=`www.revistapulodogato.com.br' in /home/pulo-do-gato/mod/mod_Core/subModulos/pulo2017-materias-Ler-materia.php on line 135

Warning: getimagesize(): Failed to enable crypto in /home/pulo-do-gato/mod/mod_Core/subModulos/pulo2017-materias-Ler-materia.php on line 135

Warning: getimagesize(https://www.revistapulodogato.com.br//admin/storage/Imagens/top/iStock_000028039066_Large.jpg): failed to open stream: operation failed in /home/pulo-do-gato/mod/mod_Core/subModulos/pulo2017-materias-Ler-materia.php on line 135
Foto meramente ilustrativa:  Stock photo © Natalia Bratslavsky

Foto meramente ilustrativa: Stock photo © Natalia Bratslavsky

Gatos podem se tornar vítimas do estilo de vida sedentário de seus donos e, combinado com outros hábitos errados, desenvolver a obesidade. Uma alimentação sempre abundante e calórica para os pets, a falta de atividade física e a castração contribuem muito para o desenvolvimento da doença.
É essencial controlar o peso do animal para evitar problemas decorrentes de sobrepeso e obesidade. O pet pode desenvolver diabetes, pancreatite, distúrbios respiratórios, dores articulares, problemas de coluna e dificuldade de reprodução.
Alguns cuidados com a rotina alimentar podem ajudar a evitar o ganho extra de peso. Não oferecer petiscos para o animal enquanto estiver comendo e procurar não concentrar a alimentação do pet em apenas uma refeição diária, fracionando o alimento em duas porções menores, são algumas dicas. Se o pet já estiver com sobrepeso, é necessário conversar com o médico veterinário sobre a troca da ração por alimentos com baixas calorias.
Incluir atividades físicas leves na rotina do animal é outro segredo para afastar o risco da obesidade. Fazer caminhadas leves com ele, 30 minutos por dia, é um ótimo hábito para mantê-lo no peso ideal. Outras dicas importantes: comprar brinquedos que estimulem a atividade física do pet para que ele possa gastar calorias e manter sempre água limpa e fresca disponível.
Controlar o peso do pet não é tarefa árdua, e o peso ideal deve ser estipulado apenas quando o animal chega em torno de 12 a 16 meses de idade. O peso que o animal tem nessa idade deve ser mantido como referência por toda a vida.

Drª Carla Alice Berl, diretora do Hospital Veterinário Pet Care

 

  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.