Chega de tédio: seu gato precisa de ocupação!

05/10/2015 - 15:45

Dicas para deixar seu bichano mais feliz e seguro vivendo somente dentro de casa, sem acesso à rua
Foto meramente ilustrativa Stock photo © Azaliya

Foto meramente ilustrativa Stock photo © Azaliya

A rotina corrida, a vida em apartamentos cada vez mais compactos e as casas blindadas pela segurança dos condomínios fechados abriram espaço para que muitas pessoas considerassem a possibilidade de ter um gato como animal de estimação. A independência natural da espécie felina soma muitos pontos na escolha desse pet que, geralmente, demanda um grau moderado de atenção dos proprietários, fica sozinho em casa por um período razoável sem prejuízo de sua qualidade de vida e é facilmente adaptável a diferentes rotinas e ambientes físicos, ainda que pequenos.
Há algum tempo, muitos veterinários, protetores, ONGs e profissionais da área defendem a criação de gatos indoor, ou seja, vivendo somente dentro de casa, sem acesso à rua. Isso porque um gato que vive com acesso às ruas corre muito mais riscos do que aquele que vive dentro de casa (veja mais na Pulo do Gato 91).


Saiba mais adquirindo a edição 94 da revista Pulo do Gato, através do link abaixo

http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.