Gatos diabéticos: como lidar com a doença?

06/05/2019 - 17:05

Médica-veterinária explica como o tratamento adequado para essa endocrinopatia pode salvar a vida de muitos pacientes
Foto: pyotr021/iStock

Foto: pyotr021/iStock

É cada vez mais frequente a ocorrência de doenças endócrinas ou metabólicas em cães e gatos - e o diabetes mellitus está entre as enfermidades mais comuns. A doença é caracterizada pela hiperglicemia (aumento na concentração de glicose sanguínea) em decorrência da falta do hormônio insulina ou por um defeito na ação desse hormônio.

Nos felinos, estudos recentes comprovam que gatos diabéticos tratados adequadamente e que apresentam bom controle glicêmico em até seis meses de evolução da doença têm maior chance de "deixarem de ser" diabéticos (remissão da doença). Para compreender melhor como isso ocorre, conversamos com a médica-veterinária Alessandra Martins Vargas, que atua exclusivamente na área de Endocrinologia e Metabologia.


Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 130. Clique aqui!
http://www.revistapulodogato.com.br/loja
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.