Doença renal crônica: temor de todos os gateiros

06/03/2019 - 12:00

Entenda os mecanismos dessa enfermidade, que é a mais comum em gatos, e saiba dos cuidados preventivos que ela exige
Lightspruch/iStock.com

Lightspruch/iStock.com

Você sabia que a doença renal crônica é uma das enfermidades mais comuns em gatos idosos? Não existem dados oficiais no Brasil que apontem a prevalência entre a nossa população de felinos, mas um estudo* realizado nos Estados Unidos e publicado no Journal American Veterinary Medicine Association apontou que 30% da população americana de gatos terá uma doença renal na fase mais madura (após os 15 anos). Já para os gatos adultos, esse percentual pode chegar a 20%.
 

Por aqui, a realidade não é diferente. Segundo a veterinária Cinthia Ribas Martorelli, coordenadora do Curso de Especialização em Nefrologia e Urologia de Pequenos Animais da Anclivepa-SP e responsável pelo atendimento especializado em Nefrologia e Urologia de Pequenos Animais no Centro Veterinário Unicpet (São Paulo), a chance de o gato ter uma doença renal aumenta com a idade, principalmente após os 15 anos. “A doença renal crônica atinge, principalmente, gatos idosos. No entanto, quando controlada e monitorada, permite que os animais tenham qualidade de vida e tempo maior de sobrevida em relação à espécie canina, por exemplo”, afirma.

Confira esta matéria na íntegra adquirindo a edição 130. Clique aqui!



 
http://www.revistapulodogato.com.br/loja
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.