6 dicas infalíveis para adaptar um gato recém-chegado

16/04/2020 - 10:17

Veja como fazer com que a introdução do novo membro da família seja um sucesso, sem brigas ou outros incidentes
Gatos: Recanto Odin e Recanto Théo, Gatil Recanto.

Gatos: Recanto Odin e Recanto Théo, Gatil Recanto.

Muitas pessoas acreditam que introduzir um novo gato em casa é uma tarefa simples, mas, muitas vezes, não é. Brigas, disputa por território, comportamentos inadequados como urinar fora do lugar e até greve de fome são sinais de que a adaptação não foi muito bem executada. Por isso, se você está pensando em aumentar a família, é fundamental entender que o processo precisa ser gradual e bem planejado. 

Conheça a seguir as dicas de três profissionais especializadas em comportamento felino para deixar esse momento mais fácil e evitar traumas nos bichanos e em você também!

 

1. Avalie a situação

O primeiro ponto a ser avaliado é, caso já exista um gatinho na casa, se o morador é um felino sociável e que gostaria de ter um amigo morando com ele. “Na natureza são poucos os felinos que vivem em bando e os nossos gatos domésticos, muitas vezes, seguem essa forma de viver. Quando isso não é respeitado, vários problemas de comportamento ocorrem, como urina e fezes em locais inapropriados, por exemplo”, explica a veterinária Alessandra Maia, que realiza atendimento exclusivo em Medicina Felina em Belo Horizonte-MG. O mesmo acontece quando na casa já existe um animal de outra espécie, como um cachorro. “Alguns gatinhos têm afinidade por cães, mas a adaptação deve ser bem gradual. Por serem de espécies diferentes, alguns hábitos também são diferentes, como a alimentação, que deve ser específica para cada espécie, respeitando a individualidade de cada um.”

https://www.revistapulodogato.com.br/loja/edicao-de-colecionador-abril-maio-2020-digital-2773.html
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.