Asma em felinos: uma doença comum

06/01/2020 - 10:28

Saiba identificar se seu pet é asmático e veja como você pode ajudá-lo a ter mais qualidade de vida
Foto: AaronAmat/iStockphoto.com

Foto: AaronAmat/iStockphoto.com

A asma é a doença respiratória mais comum em gatos, e o quadro é muito similar ao que acomete os seres humanos. Como não possui cura, é uma doença crônica que exige manejo adequado para que o felino tenha qualidade de vida, sem restrições em sua rotina. 

A doença é caracterizada pela inflamação da mucosa brônquica, secreção de muco excessiva, constrição dos brônquios e alteração das vias respiratórias. Ela é causada por hipersensibilidade, ou seja, é uma doença alérgica. 

 

ASMA X BRONQUITE

Na prática, nós, veterinários, não costumamos diferenciar as duas doenças, pois os sintomas e tratamentos são os mesmos. Contudo, por definição, a asma é uma constrição dos brônquios reversível, ou seja, há a compressão dos brônquios mas não em 100% do tempo, pois eles voltam ao normal em alguns momentos. Já a bronquite é caracterizada pela alteração das vias respiratórias e pela constrição irreversível dos brônquios (ou seja, não voltam ao normal em nenhum momento). Na asma a tosse pode ser intermitente, e o gato asmático responde rápido ao tratamento com corticoides e broncodilatadores (em até uma semana). Por outro lado, o felino com bronquite pode apresentar tosse diária e o controle da doença pode ser mais difícil.


PREDISPOSIÇÃO
       A asma não possui predisposição sexual ou etária. Em média, acomete animais entre 4 e 5 anos, porém pode atingir gatos de todas as idades. Possivelmente a raça de gato Siamês tenha predisposição para a doença. Contudo, os sem raça definida que chamamos erroneamente de “Siamês”, mas que na verdade são apenas gatos colorpoint (ou seja, têm as pontas escuras), não apresentam predisposição à doença.


https://www.revistapulodogato.com.br/loja/edicao-134-janeiro-fevereiro-2020-2751.html
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.