Aprenda a acabar de vez com os arranhões nos móveis

04/10/2017 - 09:06

Saiba o que fazer para que as garras felinas fiquem bem longe dos móveis da casa
AlexStepanov/iStock.com

AlexStepanov/iStock.com

Arranhar objetos é um comportamento natural para os gatos. É por meio da arranhadura que eles marcam território de forma visual e olfativa. Fã da Pulo do Gato, a corretora de imóveis Elizabeth Leong, tutora do Persa Fred, diz que ele marcava tudo o que via pela frente, de sofás a escadas. A solução foi ter um arranhador em casa. “Ele ficou superfeliz! Dorme o dia inteiro e, quando acorda, a primeira coisa que faz é se esticar no arranhador de corda”, diz.
Carolina Rocha, médica veterinária e mestranda em comportamento animal, explica que o gato que arranha determinado espaço mostra aos outros felinos, por meio da sua marca, que passou por ali. “Quando ele arranha, deixa, ainda, um cheiro de identificação das glândulas que tem na pata”, acrescenta. Contudo, é possível educar os bichanos em qualquer idade para que, dentro de casa, não haja estragos. “Para tanto, não adianta simplesmente restringir o acesso a locais como sofá, cortinas e tapetes, é preciso suprir a necessidade da arranhadura em superfícies de maior interesse para os gatos e disponibilizá-las no ambiente”, diz Gisele Sprea, veterinária com pós-graduação em manejo comportamental de cães e gatos. Ou seja, é preciso disponibilizar arranhadores.  

Saiba mais adquirindo a edição 118 da revista Pulo do Gato, através do link
http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.