9 indícios de que você está mimando demais o gato (e outros mimos corretos)

30/08/2017 - 10:23

Veja o que faz mal e o que é considerado saudável quando o assunto é tratar o felino como o reizinho do lar
Ilustrações: helen_tosh/iStock.com Foto: Gutzemberg/iStock.com

Ilustrações: helen_tosh/iStock.com Foto: Gutzemberg/iStock.com

A lista de mimos e regalias que felinos conquistam e recebem de seus tutores é muito grande e diversificada. Oferecer petiscos e brinquedos em excesso é o que mais acontece. Às vezes agimos como a enfermeira de Volta Redonda-RJ, Michelly Cristine de Almeida, que atende a todos os caprichos do reizinho de sua casa, o Ariel, de 9 anos. “Dou petisco toda noite, quando ele mia pedindo seu sachê”, aponta Michelly, que já teve de colocar Ariel em dieta por conta desse mimo. “Tive de trocar a ração e ele ficou com o peso normal”, diz. Ariel ainda tem outros comportamentos monárquicos em sua casa: acorda Michelly toda manhã se a liteira estiver com xixi. Ele fica olhando a dona até que ela espalhe a sílica e não aceita outro gato em sua casa! “Tive de parar de ser lar temporário de ONGs”, revela a tutora, que não está sozinha da arte de mimar felinos. Na casa da esteticista Juliana Angeleu Ponciano, de Indaiatuba-SP, basta Luan Eugênio, de 2 anos, olhar para a geladeira que já ganha seu patê. “Coloco uma colher na ração dele. Se eu não acrescentar o patê ele acaba comendo a ração um tempo depois, mas tenho dó de deixá-lo pedindo”, conta Juliana, cujo felino tem até página própria no Facebook. “O Luan dorme na cama de minha mãe ou onde ele quiser e gosta de tomar água na torneira”, lista outros privilégios do felino. 

Saiba mais adquirindo a edição 117 da revista Pulo do Gato, através do link

 
http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.