Economize nos gastos com o pet seguindo dicas simples

04/08/2017 - 16:53

Com pequenos ajustes no manejo do seu gatinho, você economiza sem tirar o conforto dele
Foto: PetrGreen /iStock.com

Foto: PetrGreen /iStock.com

Nossos felinos merecem ser tratados como reis! O problema é que quando estamos com pouco dinheiro no bolso – ainda mais em épocas de crise –, é preciso ponderar sobre os custos com o pet, que vão da alimentação e higiene aos brinquedos e mimos. Confira nossas dicas e saiba como economizar sem deixar de cuidar do seu gato como ele merece.

 

PLANEJE OS GASTOS

 

Colocar em uma planilha as despesas da casa, para não gastar mais do que se deve é uma dica unânime entre os especialistas. Então, por que não incluir os valores desembolsados com o felino nesse controle? Segundo a economista Paula Sauer, com o tempo de convivência com os animais, é possível saber quanto se gasta por mês com alimentação, higiene, cuidados com saúde e até com os mimos. “Datas das vacinas, da vermifugação, troca de acessórios devem estar em nosso planejamento. Ter o recurso guardado nos dá o conforto de saber que não serão despesas extras”, explica.


Segundo Beatriz Mattes, médica veterinária especializada em felinos, atualmente existem planos de saúde com preços acessíveis, que podem garantir os cuidados com o bichano em casos de emergência. Há também outras alternativas para poupar. “Algumas ONGs têm atendimento com preços acessíveis, assim como as universidades que possuem hospitais veterinários. Em São Paulo, há o hospital público mantido pela Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa), que dispõe de excelentes profissionais, com serviços gratuitos”, completa. A castração é outro serviço que muitas vezes é oferecido gratuitamente pelo setor público, ou a preços mais baixos em ONGs.
 

Saiba mais adquirindo a edição 116 da revista Pulo do Gato, através do link

 

http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.