12 provas de que seu amor por gatos te torna mais feliz e saudável

06/06/2017 - 14:13

Veja lista de ensinamentos que aprendemos com felinos e comprovações científicas de que eles fazem bem à saúde
Olezzo/iStock.com

Olezzo/iStock.com

Gateiros e gateiras, esta reportagem da Pulo do Gato traz uma, ou melhor, 12 boas notícias para quem é obcecado por felinos: tanto amor por essas bolas de pelos nos tornam pessoas mais felizes e saudáveis. Pois é, agora você pode listar ao seu companheiro (a), colega de trabalho ou qualquer um que acredite que tal obsessão faz mal à saúde, 12 provas – muitas delas cientificamente comprovadas –, de que felinos fazem, de fato, bem à saúde e nos tornam pessoas melhores e mais felizes.

REDUZEM RISCO DE INFARTOS
Já foi comprovado que tutores de gatos têm menor probabilidade de sofrer um ataque cardíaco. Realizado em 2008 na Universidade de Minnesota, Estados Unidos, o estudo envolveu 4.500 pessoas das quais a cada cinco, três conviviam com um felino. Em um período de 10 anos, os pesquisadores puderam demonstrar que a amostragem que tinha gatos apresentou uma redução de 30% nas chances de morrer de infarto. Em 2009, um estudo de atualização foi feito pelos mesmos pesquisadores e estabeleceu que o fato de ter gatos reduz o risco de morte por qualquer doença cardíaca.   

Saiba mais adquirindo a edição 114 da revista Pulo do Gato, através do link
http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.