10 cuidados com os gatos para o inverno

24/04/2017 - 12:08

Clima frio exige atenção especial com felinos, principalmente filhotes e idosos
Chepko/iStock.com

Chepko/iStock.com

As temperaturas ficam mais baixas, anoitece mais cedo e os gatos buscam se aconchegar próximo aos cantos mais quentinhos da casa, o que inclui o colo de seu dono. Com a chegada do inverno, é preciso ficar atento a adaptações sutis no dia a dia, para que o felino continue forte, saudável e aproveite cada segundo da estação mais fria do ano ao seu lado.

1. Como saber se meu gato está com frio?

veterinária pós-graduada em Clínica Médica de Felinos, Alessandra Maia lembra que, em estações frias, muitos gatos ficam encolhidos, com pelos arrepiados e mais próximos de seus tutores e companheiros felinos. Entram debaixo de cobertas, se escondem em armários, ficam debaixo e atrás de geladeiras e procuram passar mais tempo expostos ao sol, fazendo de tudo para se aquecer, especialmente os gatos de raças peladas. “Para minimizar o frio, os tutores podem tentar colocar roupinhas nos felinos, pois muitos aceitam e ficam bem com elas. Podem também cobri-los com cobertor quando estiverem dormindo. Outra opção é espalhar cobertas nos sofás e camas”, orienta, destacando que alguns felinos gostam muito de caixas de papelão, que podem ser melhoradas com cobertas para que os gatinhos fiquem bem aquecidos dentro delas. 

Reginaldo Pereira, veterinário com pós-graduação em Medicina de Felinos, alerta os tutores de que sinais como tremores musculares, apatia e calafrios nem sempre são indicativos de que o gatinho está com frio. Eles podem ser sintomas de febre ou de hipotermia, e portanto precisam de avaliação rápida por um veterinário. Fique atento!


Continue sua leitura aquirindo a edição 113 da revista Pulo do Gato, através do link
 

http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.