Manual para você cortar as unhas do seu gato

06/02/2017 - 10:29

Aprenda a cortar corretamente as unhas do seu felino e saiba quais são os cuidados necessários para não machucá-lo
Imagem meramenten ilustrativa: iStock @ fotoedu

Imagem meramenten ilustrativa: iStock @ fotoedu

Uma das dúvidas que mais ouço dos donos de gatos no consultório é a respeito do corte de unhas: se deve ou não ser feito e qual a maneira correta de fazê-lo. Há tutores que ficam desesperados quando o felino simplesmente não permite que seja feito. Por isso, neste texto sanarei as principais dúvidas sobre o tema.  

Primeiramente, é muito importante saber que cortar as unhas do seu felino pode ser uma necessidade tanto para o tutor quanto para o animal. Unhas muito afiadas podem transformar o gesto mais fofo e carinhoso do seu amigo em um pequeno pesadelo para você. Às vezes tudo o que ele quer é colo e carinho, mas por conta daquelas pontas afiadíssimas, a sua calça jeans novinha ganha alguns buracos. Quem nunca passou por essa situação? Além disso, seu gato pode correr o risco de quebrar as unhas, caso alguma simplesmente se prenda em um fio do tapete enquanto ele se espreguiça, por exemplo. Isso causa dor e desconforto para nossos amigos peludos, então devemos cortar as unhas deles.

 

Unhas compridas

Com unhas naturalmente afiadas, os gatos as mantêm em tamanho adequado com o ato de arranhar ou quando as mordiscam com os dentes, principalmente das patas detrás. Bichanos doentes ou mais velhinhos tendem a não manter o hábito de cuidar dos pelos e das unhas, o que muitas vezes faz com que elas cresçam demais, podendo até machucar os dedos. Nesses casos, é ainda mais importante estar atento às unhas de seu amigo.

Alguns de vocês podem estar pensando que o corte vai ajudar seu felino a não destruir seu sofá e a sua cortina, mas já adianto: esses hábitos são comportamentais e dependem de treinamento para que sejam controlados. Arranhar faz parte da natureza do animal. Enquanto arranham, eles depositam feromônios nos objetos que servem tanto para marcar território, quanto para se comunicar com outros animais. Portanto, o simples ato de aparar a unha vai, no máximo, diminuir o estrago causado pelo arranhão, mas não acabar com esse comportamento.


Saiba mais adquirindo a edição 110 da revista Pulo do Gato, através do link

http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.