Quem manda em quem?

04/07/2016 - 17:08

Se o seu gato é o rei da casa e apronta quando e onde quiser, saiba que com pequenas mudanças na rotina o felino pode ficar mais educado
iStock @ francisgonsa

iStock @ francisgonsa

Gatos são livres, independentes, e nós os amamos assim, desse jeitinho, com sua natureza única e irreverente. Entretanto, existem situações que exigem posicionamento dos tutores para que a convivência com o felino não se torne um pesadelo. O conceito de adestramento ou treino em gatos tem crescido entre os estudiosos no assunto. O objetivo dos métodos utilizados é melhorar, cada vez mais, a relação entre gatos e donos. Mas se você acha que iremos ensinar comandos como “senta”, “deita” e “rola” nesta reportagem, se enganou! Nosso intuito aqui é ajudar a entender um pouco mais sobre como é possível corrigir comportamentos que, apesar de fazerem parte da natureza felina, são grandes problemas para você.
Gwen Bohnenkamp, consultora comportamental de felinos desde 1985, idealizadora do primeiro curso voltado para comportamento animal da San Francisco State University, nos Estados Unidos, e autora do livro The Cat’s Point Of View, diz em um de seus artigos publicados que, infelizmente, ainda se sabe pouco dos porquês do comportamento felino. “A mística felina é o que os torna tão divertidos, atraentes e interessantes”, opina. Contudo, diz que entendê-los a ponto de evitar que façam xixi fora da liteira, escalem as cortinas da casa ou arranhem em locais inadequados é possível e importante. 


Saiba mais adquirindo a edição 103 da revista Pulo do Gato, através do link
http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.