Kurilian Bobtail: exótico, fofo e selvagem

Aparência selvagem, habilidade na caça, uma fofa cauda curta e muito companheirismo: essas características, que mesclam o primitivo com a docilidade domesticada, fazem do Kurilian Bobtail, ou Kurilean, como é chamado na Fédération Internationale Féline (FIFe), uma das raças mais interessantes da gatofilia. Principalmente por ele fazer parte do seleto grupo daquelas que são naturais, ou seja, surgiram sem a interferência do Homem. 

Já documentado há cerca de 200 anos, esse felino é nativo do arquipélago conhecido como Kurils – o que explica seu nome, já que o termo “Bobtail” se refere aos bichanos de caudas curtas. A cadeia de ilhas vulcânicas pertence à Rússia, apesar de reivindicada pelo Japão, e fica próxima ao extremo da costa oriental russa e da ilha japonesa Hokkaido (veja no quadro Local de origem). Há vários registros de gatos com caudas curta que foram levados das ilhas para as cidades russas, por meio de militares e cientistas, durante o século XX – o felino chegou a viver em isolamento nas ilhas por cerca de 150 anos e até hoje o gato é encontrado na região das ilhas. Apesar disso, é considerado uma raça rara, já que a população felina não é grande. 

Saiba mais adquirindo a edição 125 da revista Pulo do Gato, através do link.

https://www.revistapulodogato.com.br/loja/produtos/2559/edioe-125-maeioe-de-2018