Banner

Florais para animais resgatados

Categoria: Saúde

Autor(a): Janaíne Martins | Colaborador(es): Leila Bonfietti Lima | Cidade: Campinas | 24/06/2013 - 22:26

“Os florais podem ajudar tanto na reação positiva ao tratamento médico quanto nos problemas emocionais gerados com os traumas sofridos”
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Dentre as misérias humanas, as que mais me comovem são o abandono e os maus-tratos aos animais. Admiro imensamente os seres (estes sim) humanos, que tomam como uma missão na vida o aconchego e a compaixão com esses irmãozinhos.
Não é para todos! Conseguir superar o pesar pelo sofrimento dos animaizinhos que se encontram por aí e tomar uma atitude efetiva no sentido de ajudar esses animais, definitivamente, não é para qualquer um. E ainda ter que aguentar aqueles que não ajudam e criticam as pessoas que protegem os bichos, o que requer muita paciência. Muita!
Sejamos tolerantes, aceitemos as diferenças.
Cachorros, gatos, coelhos, cavalos etc., assim como nós, não são máquinas fabricadas em série: um coração, dois pulmões, um cérebro, e por aí vai. Sendo assim, não necessitam somente de água, comida e alguma afeição de seus “donos”.
Eles têm necessidades particulares, personalidades distintas e, assim como os humanos, demonstram através do físico que algo não está correndo bem.
Animais que foram resgatados em situações penosas muitas vezes apresentam problemas relacionados ao abandono, como agressividade excessiva, medos exagerados, dificuldade de integração com os novos companheiros, indisciplina e problemas físicos resultantes dos maus-tratos.
Além dos tratamentos veterinários necessários para a recuperação destes animais, os florais podem ajudar tanto na reação positiva ao tratamento médico quanto nos problemas emocionais gerados com os traumas sofridos.
 
Generalizando um pouco, seguem alguns exemplos:
Rescue Remedy (Bach): pode ser usado em qualquer situação que envolva emergência, associado ou não a florais mais específicos. É indicado para animais envolvidos em abandono e maus-tratos em geral, pois é um “pronto-socorro” para diversas situações.
Buquê de 9 Flores (Minas): muito útil tanto antes quanto depois das intervenções cirúrgicas, dos partos e nas convalescenças em geral, sendo um excelente auxiliar na recuperação de tecidos celulares traumatizados, interna ou externamente. Serve como um primeiro socorro enquanto se procura a orientação especializada.
Star of Bethlehem (Bach): para animais traumatizados, acidentes de trânsito, vítimas de violência, pais e filhotes separados prematuramente (para ambas as partes).
Mimulus + Aspen (Bach): para animais ariscos ou muito medrosos que temem o contato ou certas situações (sair de casa, andar de carro, subir escadas etc.) e animais que se assustam facilmente.
Mariposa Lily (Califórnia): animais separados prematuramente de suas mães e para dificuldades na alimentação de filhotes muito novos.
 
E por aí vai! Além destes, há uma imensa variedade de florais que podem auxiliar na recuperação de animais abandonados. Cada caso deve ser avaliado especificamente para um tratamento mais eficaz.
Se você for utilizar algum dos florais citados aqui em seus animaizinhos, não se esqueça de pedir à farmácia que use glicerina como conservante (10 a 20% é suficiente). Você pode colocar 1/3 de conta-gotas diretamente na boca do animal três vezes ao dia, ou oferecer livremente em sua água. Troque a água e recoloque sete gotas do floral na vasilha todos os dias.
Mas atenção: nunca encoste o mesmo conta-gotas na boca de um animal e na de outro, pois existem doenças sérias que são transmitidas através da saliva. Evite este meio de contaminação, afinal, você não sabe se o animalzinho resgatado apresenta alguma infecção ou não.
Obs.: para os protetores que precisam de tolerância excepcional com certas situações, recomendo Impatiens (Bach) para começar.

Janaíne Martins
Farmacêutica e terapeuta floral
Especialista pelo Instituto Brasileiro de Estudos Homeopáticos – IBEH
janainem@terra.com.br
www.janaineterapeuta.blogspot.com