Banner

10 dicas para uma sala confortável e segura

Categoria: Comportamento Felino

Autor(a): Izabela Carvalho | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas/SP | 04/10/2017 - 09:55

Local onde muitos gatos passam horas, a sala também pode esconder alguns perigos. Evite acidentes e mantenha a diversão e o conforto para os bichanos
Foto meramente ilustrativa: ©iStockphoto.com/flibustier

Foto meramente ilustrativa: ©iStockphoto.com/flibustier

A sala é um local muito comum para os gatos, que podem passar horas nesse cômodo, tirando um bom cochilo ou interagindo com os seus brinquedos favoritos. Confira as dicas a seguir e garanta uma sala confortável e segura para o seu bichano. 
 
EVITANDO ACIDENTES
Como em muitas residências as salas são os cômodos que mais abrigam objetos, devemos tomar alguns cuidados com os bichanos, que são curiosos por natureza e adoram brincar com tudo que encontram, apanhando diversos itens com a boca, o que pode facilmente ocasionar asfixia ou problemas estomacais. Por isso, fique sempre atento!

1 Itens de papelaria:
Se você tem uma mesa de escritório na sala o melhor é manter objetos como clips de papel, moedas, tampinhas de caneta, tachinhas, elásticos, grampos, borrachinhas etc., dentro de gavetas fechadas. Além disso, mantenha a lixeira debaixo da mesa sempre fechada com tampa. 

2 Papel de bala:
Invólucros de celofane para doces e balas são muito perigosos, pois, se engolidos, podem derreter no estômago do gato, trazendo inúmeros problemas, inclusive impedindo a absorção de nutrientes. Além disso, não deixe sacos plásticos espalhados pela sala, pois eles podem se sufocar ao brincar com esses itens. 

3 Fios e cabos elétricos:
Mantenha-os fora do alcance dos bichanos, por exemplo, fixando-os às paredes. Faça isso também com os cordões de persianas e cortinas, pois os gatos não resistem muito a uma ponta solta. Por isso, tenha muito cuidado também com o ferro elétrico, já que o felino pode puxar o fio e sofrer queimaduras.

4 Plantas:
Muitas pessoas utilizam vasos com plantas naturais para enfeitar a sala. No entanto, é preciso tomar cuidado para não cultivar um tipo que possa fazer mal para os bichanos que circulam pelo cômodo. As plantas ornamentais comumente encontradas que podem causar alguma reação no bichano, caso ingeridas, são: azálea, copo-de-leite, mamona, crisântemo, açafrão, narciso, loureiro, hortênsia, lírio, hera, erva-de-passarinho, cogumelos, espirradeira, filodentro, ervilha-de-cheiro, comigo-ninguém-pode, poinséttias (flores de Natal), ciclame, glicínia, rododendro, fícus, entre outras.
 
Izabela Carvalho
Administradora de empresas, criadora das raças Himalayan, Persa e Exótico. Gatil Raj Ananda 
www.gatilrajananda.com e wwww.gatotony.blogspot.com.br

 
Saiba mais adquirindo a edição 82 da revista Pulo do Gato.