É possível adestrar gatos? Descubra finalmente!

Categoria: Comportamento Felino

Autor(a): Luelyn Jockymann | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas/SP | 06/06/2017 - 15:47

Gatos são independentes, mas também podem ser adestrados, aprenda a treiná-los, pois é importante para o convívio entre vocês
É possível adestrar gatos?/  kozorog/iStock.com

É possível adestrar gatos?/ kozorog/iStock.com

"É possível adestrar gatos?". Essa é uma pergunta feita por muitos tutores de felinos. Ensinar um gato, afinal, não é fácil, qualquer pessoa que convive com um sabe muito bem disso. Não é tão simples ensinar seu gato a sentar, por exemplo. Eu sei, isso parece uma ofensa para a maioria dos donos de gatos. Somente os cães se submetem a tal ultraje. Gatos são independentes, têm personalidade forte é impossível adestrá-los. Será? Aqui na revista Pulo do Gato você, enfim, saberá se isso é apenas um mito ou não. 

Quando seu gato mia diante da porta da geladeira, você o alimenta? Se a resposta for sim, então seu gato já é adestrado! Toda vez que ele quer comer ele mia e você lhe dá comida. Ele aprendeu isso da maneira mais fácil do mundo, através da associação e antecipação. Quando dois eventos ocorrem consecutivamente várias vezes seguidas, aprendemos, assim como os gatos, que em seguida de um vem o outro. Da mesma forma que quando o telefone toca, corremos para atender, porque sabemos que há alguém do outro lado da linha. Com seres humanos é mais fácil, porque alguém nos explicou isso. Se ao contrário, seu gato miasse e você jogasse água fria nele, provavelmente nunca mais ouviria seu miado. Primeiro, porque estaria associando a experiência a algo desagradável; segundo, porque ele iria embora mesmo.

Felinos não toleram abusos, por isso é difícil treiná-los a fazer truques como se ele fosse um cão. Não adianta puxar ou empurrar como algumas pessoas fazem com cães. É preciso paciência, timing e persistência. Se ainda assim você duvida que pode ensinar seu gato a sentar, lembre-se que o domador de leões põe sua cabeça dentro da boca de um felino tamanho GG no circo.

“Por que adestrar meu gato? Se quisesse algo assim, teria um cão!” Você está sendo injusto com seu gato. Ele fala a língua dos gatos e mora com seres humanos. Não é à toa que ele ficou com essa fama de esnobe. Se você só falasse português e fosse morar no Japão iria ter a mesma fama. Não falaria com ninguém, nem sequer sairia de casa. Todos pensariam, “lá vai aquele estrangeiro antipático”.

Nossos gatos merecem aprender nossa língua. Cães aprendem mais fácil, convivem há mais tempo com seres humanos. Temos a tendência de nos comunicarmos com felinos da mesma forma que com caninos, por isso rotulamos nossos gatos de individualistas.

Para ensinar um gato o comando “vem”, é só chamarmos pelo nome ou com um assobio, quando ele estiver caminhando em nossa direção. Ao chegar, o recompensamos com carinho e palavras doces. Estamos apenas modulando seu comportamento. Logo o comando “vem”, está associado a coisas boas e sempre que chamado, o gato virá. Se chamarmos o gato para o colocarmos para fora de casa, com o tempo ele não vai mais obedecer. É preciso ter cuidado para associar a palavra à ação no momento certo. Gatos só aprendem até 2 segundos depois do ato. Por isso é tão importante usarmos o comando no momento exato e recompensarmos imediatamente.

Adestrar nosso gato é quase uma obrigação social. Não só a convivência fica mais fácil, como o comando “vem” pode salvar-lhe a vida no caso de um descuido. Ao contrário do que se pensa, gatos são animais altamente sociáveis e é extremamente injusto convidá-los a viver conosco isolados e solitários dentro de nossa família. Eles devem saber falar nossa língua e entender o que esperamos deles no dia-a-dia, para que possamos aproveitar o máximo as delícias de afofar esse bichinho tão fofinho e peludo. Já foi o tempo em que os gatos serviam para caçar ratos. Hoje nossos gatos servem para encher nossas vidas de carinho, diversão e muito amor. Comece a praticar!

Confira mais conteúdos sobre o universo felino na revista Pulo do Gato. 

Luelyn Jockymann
Médica  veterinária especialista no comportamento de cães e gatos. Animaletto Saúde e Bem-estar de Cães  e  Gatos.
luelyn@terra.com.br
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.