Minskin, o excêntrico de pernas curtas

Categoria: Raças

Autor(a): Júlio Mangussi | Colaborador(es): Jornalismo Top.Co | Cidade: Campinas - SP | 05/12/2016 - 17:25

Resultado da combinação de várias raças, gato americano se notabiliza pela pelagem rala e por ser muito carinhoso
Christine Stirt/ Gatil Cathole

Christine Stirt/ Gatil Cathole

Dono de uma aparência exótica, o Minskin destaca-se como uma das mais excêntricas raças do universo felino. Assim como suas patas, suas orelhas são grandes, enquanto os olhos, alertas e redondos, moldam uma expressão doce em seu rosto. Ao vê-lo, é difícil não se lembrar de um cão Dachshund, com suas pernas curtas. Com aparência de filhote mesmo depois de adulto, ele torna-se ainda mais exótico com sua longa cauda e pelagem rala e escassa, que sobressai-se em seu pequeno corpo enrugado. 

O gato, que pode pesar entre 1,8 e 2,7 kg, foi desenvolvido em 1998 pelo criador Paul McSorley, em Boston, nos Estados Unidos. O norte-americano desejava criar uma raça que, assim como Siamês, tivesse extremidades diferentes do restante do corpo, porém essa diferença não é dada pelas cores, mas sim pela quantidade de pelos, ou seja, queria um gato que fosse mais peludo nas extremidades.

Para conseguir seu objetivo, ele cruzou um Munchkin, reconhecido pelas pernas curtas, com um Sphynx, que se destaca pela ausência de pelagem. O criador usou ainda o Devon Rex e o Burmês em seu programa de melhoramento. Não à toa o felino carrega em seu nome as principais características resultantes da mistura:  “Min”, abreviação de “miniatura”, faz referência às pernas diminutas; “Skin”, por sua vez, quer dizer “pele”.

O primeiro exemplar nasceu em julho de 2000. Cinco anos depois, já existiam cerca de 50 gatos. Atualmente, o Minskin está no programa de monitoramento de novas raças da The International Cat Association (TICA). 

  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.