Respostas a perguntas enviadas via Facebook

07/06/2018 - 13:54

Especialistas esclarecem dúvidas enviadas às nossas redes sociais
igor_kell/iStock.com

igor_kell/iStock.com

Doente renal


Meu gato estava com o que a veterinária achou que eram cristais na bexiga. Ele operou para tirar e a biópsia foi inconclusiva. Tenho medo que volte e eu não saber como agir, já que não sei o que era. Ele tinha 6 anos quando operou e esses cristais cresciam desde seus 2 ou 3 anos. Ele só come ração para gato com problemas renais e não sofre nenhum estresse.

Sha Capell, via Facebook. 

 

Marcy Lancia Pereira: A ocorrência de cristais, que são substâncias microscópicas vistas no exame de urina, pode estar associada a cálculos urinários (urólitos) ou não. No primeiro caso, o médico veterinário pode realizar procedimento cirúrgico ou optar pelo tratamento clínico, de acordo com o tipo de cálculo. Assim, se a cirurgia é realizada, esse(s) urólito(s) deve(m) ser encaminhado(s) para exame para saber de que tipo é (são), por meio de exame qualitativo ou quantitativo, visando buscar estratégias para prevenir novo aparecimento. No caso do seu gato, se ele sofre de doença renal, pode haver predisposição para formar cálculo. O ideal é fazer uma ultrassonografia para verificar se ele está formando cálculo e realizar os exames laboratoriais que avaliam trato urinário, como urinálise, cultura e antibiograma, além de realizar estagiamento da doença renal crônica e investigar alterações de minerais que possam estar alterados e assim predispor a ocorrência de urólitos.

Confira essa e muitas outras matérias na edição digital gratuita da revista no link abaixo.

http://www.revistapulodogato.com.br/digital/edicao1/
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.