5 conselhos para ter um Natal seguro com o gatinho

04/12/2017 - 11:07

É preciso ter cuidado com alguns enfeites e alimentos comuns desta época do ano, pois eles podem prejudicar a saúde do felino
zaretskaya/iStock.com

zaretskaya/iStock.com

O Natal é a época de estar com quem se ama, o que inclui seu gato, que está com você todos os outros dias do ano. Porém, deixar a casa no clima desse feriado, com luzes pisca-pisca e enfeites por toda parte, pode trazer alguns riscos, especialmente para os bichanos mais curiosos. Assim, trazemos cinco formas de garantir que você tenha uma comemoração segura ao lado do felino. Confira!

1. NADA DE ENFEITES PERIGOSOS

Na época natalina, festões em folhas metálicas, objetos temáticos de plástico, vidro, madeira, e outros materiais ficam espalhados pela casa. E isso pode fazer com que os gatinhos acabem engolindo o que não devem. Segundo a médica veterinária Renée Cristine, do Rio de Janeiro-RJ, isso pode causar obstrução intestinal no pet. “O ideal é evitar enfeites pequenos ou quebráveis, especialmente bolas de árvore de Natal que eles podem derrubar e espalhar os cacos. Importante também ter cuidado com lâmpadas de pisca-pisca e fios. Alguns gatos gostam de morder fios, o que os expõe ao perigo de levarem choque elétrico mesmo que, em geral, a voltagem dos pisca-piscas seja baixa. Não vale a pena correr o risco”, ressalta. Colocar mais enfeites na parte de cima da árvore de Natal também não significa que isso afastará o gato, já que ele pode pular para alcançá-los. “Os gatos podem se interessar por coisas coloridas e brilhosas, por isso é sempre importante buscar enfeites ecológicos, que não possuem tinta tóxica. Muitas vezes podem ser feitos em casa, com materiais reciclados, que são bem menos perigosos para os bichanos”, enfatiza.
Enfeites com fitas e cordas também devem ser evitados, já que podem ser engolidos e ficar presos em uma parte do trato gastrointestinal do felino. “Pode ser sob a língua, no esôfago, estômago ou mesmo no intestino. Com os movimentos peristálticos (contração muscular do tubo digestivo), esses objetos lineares causam um sanfonamento das alças intestinais que, caso não seja diagnosticado rapidamente, pode levar o animal a óbito”, alerta Renée.


Saiba mais adquirindo a edição 120 da revista Pulo do Gato, através do link
http://www.revistapulodogato.com.br/nossas-revistas
  • GUIA DE CRIADORES DE GATOS

Encontre criadores de diversas raças.