Banner

Meu gato tem um ritual para...

Fotos: Arquivo pessoal

Fotos: Arquivo pessoal

Inteligentes por natureza, os gatos também apresentam diversas manias. Para muitos gateiros, observar o ritual de seu bichano para comer, dormir ou brincar é uma terapia muito relaxante.

Dormir e comer
Inalda Castro Cirne, de Porto Alegre - RS, aprendeu a respeitar a personalidade e a maneira de ser de cada um de seus bichanos observando as pequenas manias deles. “Tenho três gatinhas, uma de nome Chica, com 13 anos, outra chamada Chiquita, de seis anos e a última, de quatro anos, é a Mel. O meu único gatinho se chama Chinezinho, mas não sei a sua idade ao certo. Os quatro vieram da rua e hoje são lindos e cheios de saúde. Cada um deles tem um ritual próprio para dormir. A Chiquita me espera no box quando vou dormir. Quando está frio, a Chica se aconchega na cama para dormir, já quando está calor ela adora dormir em uma almofada na sala. A Mel gosta de dormir em cima do micro-ondas (desligado, é claro). Por fim, o Chinezinho adora dormir nos tapetes da cozinha. Mas o local preferido de todos para tirar uma soneca são os tapetes da grade da janela, onde bate sol. A hora de comer é uma graça! Como são quatro gatinhos, cada um tem o seu respectivo pratinho e, quando estão com fome, ficam ao lado deles olhando fixamente para mim, sem piscar, até ganharem a sua refeição. A Mel e o Chinezinho são muito gulosos e sempre querem repetir a comida. Aprendi muito com eles e aprendo todos os dias, respeitando a personalidade e a maneira de ser de cada um e observando as pequenas coisas”.

Boas-vindas
Confira porque Anahí Xavier, de Porto Alegre - RS, precisa driblar o seu gatinho para conseguir dar um beijo de boas-vindas em seu marido. “Meu gato tem um ritual para quando chegamos a nossa casa. Ele corre até a porta e, quando perguntamos ‘cadê o gatinho?’, se joga de costas no chão e com a barriga para cima, esperando cafuné. Já quando eu estou em casa e meu marido chega, ele corre para onde eu estiver e mia, grudando seu focinho no meu nariz, dando beijos. Geralmente ele corre para o lado oposto ao que meu marido está, se aproximando, obrigando-me a olhar só para ele. Assim, não posso dar um beijinho de boas-vindas no meu parceiro de duas patas, apenas no de quatro patas (risos). Toda vez é assim. Se ele estiver dormindo em outro local, vem correndo para reter a minha atenção!”

Escovação
Além de ter um ritual para dormir e comer, a gatinha de Rebeca, de Santos – SP, também tem uma mania antes da escovação. “A Anne Francis, uma Angorá Turco branca de olhos azuis, tem que escalar as minhas costas para ir dormir no guarda-roupa e para descer de lá ao acordar. Ela também pede para ser escovada, miando quando vê a escova, além de dar ‘tchau para o frango’, que nada mais é do que o sachê de ração úmida. Que linda!”

Ritual matinal
A gata de Ana Cristina Mischiati, de Londrina - PR, tem hábitos noturnos e várias exigências pela manhã. “A Janis é uma gatinha cheia de manias. Sua personalidade não admite que a prendam, por isso, ela passa a noite toda em cima do telhado, olhando a noite e vigiando a casa. De manhã, logo que a porta é aberta, ela mia como se dissesse: ‘demorou para abrir hoje, hein?!’ Então, ela entra toda dengosa e se espreguiçando. Mas logo vem a segunda bronquinha: mais um miado para nos dizer que está com fome e quer água fresca. Depois do lanchinho, a Janis estica as patas na parede, como se fosse subir, se espreguiça mais uma vez e, então, vai para a sua poltrona dormir até a noite chegar.”

Bom dia
O bichano de Jeniffer, de Curitiba - PR, tem tantas exigências pela manhã, que acaba irritando a gateira. Mas nada que um pouco de carinho não resolva. “Meu gatinho Pepe tem muitos rituais. Ele não come a comida que já está no potinho se eu não der uma revirada nela antes. Adora tanto carne que, desde pequeno nos ouvindo dizer ‘o que você quer, bebê, carne?’, acabou aprendendo a falar a palavra ‘carne’, que em sua linguagem virou ‘caine’! Ele se refere a mim como ‘Mah’ e ao meu marido como ‘Ain’. De manhã, bem cedo, me faz levantar para dar comida de sachê para ele. E, se não levanto, ele me descobre, arranha todo o meu box, me morde ou pratica pequenas travessuras, como jogar o meu celular no chão. Quando levanto e pergunto o que quer, além da comida, às vezes, ele me leva para onde está o seu objeto de desejo, que muitas vezes é um simples ‘mau-mau’ (nome dado por ele para tudo o que voa ou rasteja). Aí limpo a caixa de areia, dou uma mexida na ração, troco a água e volto a dormir e ele também. Mas 40 minutos depois repetimos todo o ritual, até eu me cansar e me levantar xingando-o. Ele me olha e se desculpa com muitas passadas de cauda nas minhas pernas. Amo o Pepe como um filho, pois é isso que ele é para mim e para o meu marido! Ele sempre nos surpreende e torna nossas vidas mais felizes!”

Comer
Enquanto Cristiane Regina Klunk, de Lajeado – RS, não coloca a comida de suas gatas, elas não param de miar. “Tenho duas gatas, Cindy e Sissy, e as duas têm um ritual para comer. Sempre que volto do trabalho, elas já estão esperando e, como chego no fim do dia, no momento em que entro em casa elas me recepcionam e já vão para a cozinha, onde estão seus pratinhos. Aí, uma delas começa a comer ou a disfarçar, pois esse é o horário em que dou alimento úmido (sachês ao molho) a elas. Se não sirvo logo, elas sentam na frente dos pratinhos e ficam me olhando e pedindo comidinha. Enquanto não ganham, não param de pedir. Quando coloco o alimento nos pratinhos, elas tomam primeiro o molho de um e depois vão para o outro. Depois desse ritual é a vez da cachorrinha Crystal comer.”

Acordar a amiga
Beatriz Isola Coutinho, de Araraquara - SP, não precisa se preocupar em perder hora, pois já está acostumada em ser acordada por sua gatinha. “Tenho dois gatos, a fêmea Mirka e o macho Odim. Cada um deles tem o seu jeito de interagir com o ambiente e comigo. Os reconheço apenas pelo modo de andar pela casa. A Mirka tem um ritual para me acordar pela manhã quando perco a hora. Ela derruba, delicadamente, peça por peça da minha cômoda, dando intervalos para ver se acordei ou se é necessário fazer um novo barulho. Isso tudo com um único objetivo: sair logo para o quintal, lógico. Ai de mim se esqueço o horário.”

História enviada por: Leila Bonfietti Lima - / - 23/05/2013 - 00:00

Veja também

Por: Jornalismo Top.co

Fotos de arquivo pessoal

Novembro

647 visualizações

Onde meu gato gosta de ficar

Por: Jornalismo Top.co

Fotos de arquivo pessoal

Outubro

493 visualizações

Gatinhos vencedores

Por: Jornalismo Top.co

Seguidores da página da Pulo do Gato no Facebook contam quais artimanhas usam para deixar o gatinho bem tranquilo - Foto

Setembro

570 visualizações

Felino entediado é sinônimo de problema

Por: Jornalismo Top.co

Leitores revelam os cuidados que têm no dia a dia  com seus gatos. Fotos de arquivo pessoal.

Julho

477 visualizações

Segredos para o bem-estar do gatinho

Por: Jornalismo Top.co

Leitores mostram como protegem seus felinos nos dias de frio

Junho

490 visualizações

O frio chegou na Pulo!

Por: Jornalismo Top.co

Gatos que querem chamar a atenção

Maio

668 visualizações

Gatos que querem chamar a atenção

Por: Jornalismo Top.co

Gatos que querem chamar a atenção

Maio

1362 visualizações

Gatos que querem chamar a atenção

Por: Jornalismo Top.co

Lugares inusitados onde eles dormem

Janeiro

871 visualizações

Lugares inusitados onde eles dormem

Por: Leila Bonfietti Lima

Fotos: Arquivo pessoal

Janeiro

14117 visualizações

Fui viajar e levei meu gato. Que aventura!

Por: Equipe De Jornalismo Top.co.

Fotos: Arquivo pessoal

Setembro

5837 visualizações

Como é o humor do seu gato?

Por: Leila Bonfietti Lima

Fotos: Arquivo pessoal

Outubro

4160 visualizações

Seu gato já foi motivo de discórdia na família?

Por: Fabiana Bahia De Lima E Silva

Meus pequenos

Maio

3941 visualizações

Meu marido tem ciúmes dos meus gatos

Por: Leila Bonfietti Lima

Fotos: Arquivo Pessoal

Novembro

3721 visualizações

Como seu vira-lata cruzou o seu caminho?

Por: Jornalismo Editora Top.co

Foto: Arquivo pessoal

Janeiro

3504 visualizações

Sim, admito que fui responsável pelo mau costume dele!

Por: Jornalismo Editora Top.co

Fotos: Arquivo pessoal

Novembro

3495 visualizações

A maior travessura que meu gato já fez...

Por: Danielle Neire

Eddie (o preto) e Iron (o cinza)

Julho

3281 visualizações

Humor dos meus gatinhos

Por: Jornalismo Editora Top.co

Xaninha, de Milena Peixer Foto: Arquivo pessoal

Maio

3041 visualizações

Visita permanente



Mais Histórias